tipos de adega
Cozinha GourmetGuia do Vinho

Conheça os diferentes tipos de adega

Na hora de conservar seus vinhos, conhecer os tipos de adega é muito importante. Veja quais são eles!

Se você é um apreciador de vinhos, com certeza já imaginou ter a sua própria adega em casa, não é mesmo? Afinal, não tem como conservar o sabor, aroma e todas as características de um bom vinho, sem conservá-lo da forma correta. Entretanto, na hora de escolher o modelo ideal, muitas pessoas ficam na dúvida. Por isso, veja abaixo quais são os tipos de adega e qual se adapta melhor ao seu estilo.

Adega Passiva

Primeiramente vale dizer que esse é o modelo de adega mais clássico e conhecido por todos. Isso porque ela não usa nenhum tipo de tecnologia avançada para manter os vinhos na temperatura ideal. É exatamente por isso que ela leva o nome “passiva”, pois nela o ambiente já é construído especificamente para essa função. Basta colocar as garrafas nas prateleiras e pronto.

Muitas vezes essa adega é construída no subsolo, sendo o ambiente frio e escuro. No caso de você não contar com um porão na sua casa, é possível dedicar um cômodo específico para montá-la. O mais importante é protegê-la dos raios de sol e que tenha uma temperatura aproximadamente entre 10 e 16 °C.

A maior vantagem da Adega Passiva, é o fato de não precisar de eletricidade para funcionar. Basta acomodar as garrafas de vinho e se certificar de que a porta esteja bem fechada (assim eles não correm o risco de oxidar). A desvantagem é que ter uma, pode envolver uma reforma na sua casa.

Adega Termoelétrica

A adega termoelétrica é um modelo de adega climatizada, ou seja, ela usa a eletricidade para funcionar e manter a temperatura ideal. Esse modelo funciona por meio de uma placa de cerâmica, que absorve o calor do ambiente externo. Aliás esse método consegue manter a temperatura interna cerca de 10 ºC mais baixa que a externa, sem um grande uso de energia elétrica.

A vantagem da Adega Termoelétrica está no seu tamanho compacto, que é extremamente útil para quem não tem espaço ou não quer montar uma adega passiva em casa. A desvantagem é que elas apenas retiram o calor dos vinhos, portanto podem não funcionar tão bem em ambientes com altas temperaturas.

Adega com Compressor

Por fim, temos a Adega com Compressor. É o modelo mais moderno e mesmo sendo parecida com a Adega Termoelétrica no exterior, ela funciona de forma diferente. Nesse caso, o compressor usa a eletricidade não só para retirar o calor, mas também para resfriar a área interna. Muitos modelos contam inclusive, com a opção de definir a temperatura desejada para o interior.

O controle da temperatura interna, com certeza é a maior vantagem dessa adega. Isso permite que vinhos e espumantes que necessitam de uma temperatura específica, fiquem conservados da maneira correta. Por contar com um compressor, esse modelo pode contar com um pouco mais de ruídos e um consumo maior de energia elétrica.

E para você, qual dos tipos de adega é o melhor? Independente da sua escolha, contar com uma adega em casa permite que você saboreie seus vinhos da melhor maneira, sempre que desejar!

Referências: Blog Famiglia Valduga e Chapiuski

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *