Aprenda a degustar vinho em 4 passos.

O método de degustar vinho é uma técnica profissional para separar e identificar as principais características do vinho. Existem quatro passos de degustação: olhar, cheirar, provar e concluir.

1º passo para degustar vinho: Olhar

Para começar, coloque apenas 75mL do vinho na taça ideal para o vinho escolhido (clique aqui para ver qual a taça ideal para cada tipo de vinho). Visualize o vinho sob a luz natural contra o fundo branco, pode ser um guardanapo ou uma folha de papel. Incline a taça e inspecione a cor, a intensidade e a tonalidade da borda do liquido. Gire o vinho para ver sua viscosidade, vinhos viscosos têm maior teor alcóolico e/ou mais açúcar residual. Observe o vinho da borda até o meio, você verá pequenas diferenças na cor e na transparência do vinho ocasionadas por fatores como variedade da uva, método de produção e a idade. Repouse a taça e observe as “lágrimas” do vinho escorrendo na superfície da taça. As lágrimas que escorrem lentamente indicam um nível elevado de álcool, o que não significa maior qualidade.

2º passo para degustar vinho: Cheirar

Segure sua taça um pouco a baixo do nariz e aspire uma vez para “preparar” o nariz. Gire a taça para liberar seus compostos aromáticos e aspire novamente, desta vez faça por mais tempo e mais devagar, mas com a mesma delicadeza. Posicione o nariz em diferentes partes em torno da borda da taça, aromas ricamente frutados são encontrados na borda inferior e os aromas florais e de ésteres voláteis podem ser encontrados na borda superior.

3º passo para degustar vinho: Provar

Dê um grande gole e faça com que o vinho passe por todas as partes da boca. Em seguida, dê vários outros pequenos goles para isolar e identificar os sabores. Tente identificar pelo menos três sabores de frutas e mais outros três sabores.

O açúcar do vinho atingirá o seu paladar na frente, a acidez faz a boca salivar, os taninos causam uma sensação textural de secura na boca, como quando comemos banana verde, e o álcool aparece em forma de calor no fundo da garganta.

4º passo para degustar vinho: Concluir

Agora que você já degustou o vinho, você pode avalia-lo. Observe algumas características do vinho e grave-as na memória. Identifique o que o leva a gostar mais de um rótulo do que do outro. Faça notas uteis de degustação, com nome do vinho, aonde degustou, sua opinião, o que você viu e quais aromas sentiu.

degustar vinho

E o que fazer quando algum vinho não apresenta uma sensação agradável em um dos passos anteriores?

Você pode encontrar alguns defeitos no vinho, e caso isto aconteça você pode devolve-lo. Para identificar estes erros, acompanhe as características de cada um a baixo:

Defeitos do vinho:

Bouchonné: vinhos que apresentam cheiro forte de papelão úmido, cachorro molhado e mofo de adega.
Reduzido: apresentam cheiro de alho cozido e repolho, isto acontece quando o vinho não recebe oxigenação na garrafa.
Oxidado: os vinhos oxidados não apresentam os aromas normais e têm coloração amarronzada semelhante a uma maça envelhecida. Os vinhos tintos ficam com gosto seco e amargo e os brancos geralmente têm um odor semelhante a sidra de maça.
Danos por Radiação UV: acontecem quando os vinhos ficam expostos a luz por muito tempo podendo causar redução. Para evitar esse defeito, acomode os vinhos no escuro.
Danos pelo Calor: podem apresentar aromas agradáveis como caramelo e frutas cozidas mas terão gosto único do começo ao fim.
Presença de Gás: de vez em quando os vinhos sofrem uma nova fermentação na garrafa. Para identificar este defeito, observe a presença de gás em um vinho tranquilo.

Que tal convidar os amigos para uma reunião em casa e treinar os passos da degustação?

Confira também os outros posts sobre vinhos: noções básicas do vinho e tipos de taças para cada tipo de vinho.

 

Referência: Livro – O Guia Essencial do Vinho

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *