Qual o tipo de cerveja combina mais com cada alimento?

A harmonização de comidas e bebidas é um tema bastante complexo, que envolve questões de analise subjetivas e de difícil consenso. Na experiência gastronômica, tudo ao redor conspira a favor
ou contra, como a temperatura do ambiente, a atmosfera do local, a música, a sequência e o visual dos pratos, e a qualidade dos ingredientes. O que conta, afinal, é o prazer experimentado. Nesse sentido, as pessoas que nos acompanham e as bebidas servidas são os elementos mais importantes para valorizar o momento. cerveja

São raros os indivíduos capazes de perceber todos os aromas e sentir todos os sabores da cerveja, o que torna a degustação uma experiência única e pessoal.  Mas, alguns conceitos são universais, na medida em que a maioria das pessoas concorda com eles.

Como princípio geral, as combinações devem sempre ser servidas das mais delicadas às mais robustas. Elas podem ocorrer por:

  • Semelhança – pratos e cervejas com elementos comuns de doçura, acidez, tostados, frutados, herbais, ou de cores, entre outros.
  • Contraste – pratos e cervejas com elementos contrastantes como, por exemplo, doçura e amargor, acidez e doçura, recrescência e picância, claro e escuro, leveza e robustez.
  • Equilíbrio – pratos delicados com cervejas delicadas; pratos robustos com cervejas robustas.

A cerveja é especialmente indicada para acompanhar molhos cremosos, chocolate, pratos com presença marcante de ovo ou vinagrete, e pratos apimentados. Comidas cujo sabor permanece por muito tempo na boca requerem uma cerveja também marcante.

Frutas e doces não vão bem com as cervejas Pilsen, mas são bem acompanhados por Lambic e Gueuze.

Sobremesas a base de chocolate e/ou café harmonizam-se perfeitamente com cervejas dos estilos Stout e suas variações e Porter e suas variações, pelo contraste doçura e amargor e, por semelhança, em notas tostadas que lembram chocolate e café.

Sendo a bebida da confraternização, a cerveja pode e deve ser usada para aproximar as pessoas e não para segregá-las. Em uma reunião de amigos não há regras e nem dogmas a seguir para a harmonização com comidas, são apenas sugestões.

 

Referência: Livro Larousse da Cerveja – Ronaldo Morado

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *