Descubra como fazer uma picanha perfeita para aquele churrasco entre amigos!

Todo mundo sabe que a picanha é o carro chefe de um churrasco que se preze. No entanto, uma dúvida persegue muitas pessoas: onde devo fazer essa carne, na grelha ou espeto? Pois é, vamos fazer um comparativo entre os dois, para que você escolha qual a melhor opção.

Grelha

A principal diferença entre assar uma carna na grelha e no espeto, está no fato de que na grelha, a carne é assada por inteira e não perde sua suculência. Além disso, ela também te possibilita trabalhar com outros ingredientes ao mesmo tempo, como queijos, linguiças e vegetais.

É indicada para o preparo de carnes sem osso, como contrafilé, filé mignon, maminha e inclusive a picanha.

Espeto

Os espetos tem uma durabilidade maior e não deixam resíduos de metal na carne. São indicados para peças mais gordas e carnes com ossos, como a costela e o frango. Além disso, é importante não fazer vários furos na carne, pois isso fará com que ela perca a suculência e fique mais seca do que o necessário.

E qual dos dois eu devo escolher?

Teoricamente, a grelha irá assar a sua peça de picanha de uma maneira uniforme e mais rapidamente, do que o espeto. Entretanto, quando falamos em churrascos, não há uma regra fixa.

A maneira como ela é feita, pode variar de região para região. Enquanto em países como Argentina e Uruguai, as carnes são servidas em grelhas verticais, no sul do Brasil é bem comum os churrascos serem servidos em espetos de chão.

Na hora de fazer seu churrasco, avalie quantas pessoas serão servidas e se há a necessidade de que a carne seja assada mais depressa ou não.

Agora é só chamar o pessoal e aproveitar!

Referência: Central das Lareiras

1 comment

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios estão marcados com *