Cozinha GourmetGuia do Vinho

Você sabe qual é a temperatura do vinho correta?

O que acontece quando a temperatura do vinho não está adequada?

Você já reparou que o mesmo vinho tomado em lugares diferentes varia o sabor? Isto acontece pois provavelmente em algum dos lugares este vinho foi servido mais corretamente, ou seja, com a taça ideal (confira aqui a taça ideal para cada tipo de vinho) e a temperatura do vinho ideal para aquele tipo.

Nada influencia tanto na apreciação de um vinho quanto sua temperatura. O vinho é uma bebida delicada e cheia de nuances, os vinhos brancos costumam ser servidos gelados e os tintos em temperatura ambiente. Mas, nenhum vinho deve ser servido além de 20ºC, pois, a uma temperatura dessas a evaporação do álcool será intensa.

Para servir o vinho na temperatura certa, é indicado para o Espumante e Branco Leve servir gelado em temperatura de 3 a 7°C; Branco Encorpado, Branco Aromático e Rosé é indicado frio entre 7 a 13°C; O Tinto Leve e o Tinto de Médio Corpo o ideal é servir em temperatura da Adega, de 13 a 16°C; E o Tinto Encorpado e o Fortificado fresco, de 16 a 20°C. É importante lembrar que os vinhos servidos frescos (16 a 20°C) estarão abaixo da temperatura ambiente na maioria das casas.

Caso você não possua uma adega climatizada ou um termômetro de vinhos, é útil saber que na parte interna da porta de uma geladeira a temperatura mínima permanece em torno de 12ºC, já no fundo, junto à placa fria, é de mais ou menos 3ºC e no meio cerca de 6ºC. Para os tintos que pedem temperaturas mais altas do que 12ºC, deixe-os gelar na porta da geladeira por um período de, no máximo, duas horas.

Você irá perceber se o seu vinho estiver muito frio, a falta dos aromas e do sabor ácido ao degustar. Uma dica é cobrir a taça com as mãos para aumentar a temperatura do vinho. E, caso o seu vinho esteja muito quente, você irá sentir um ardor no nariz e um aroma medicina. Para isso, resfrie a garrafa por 15 minutos.

Agora você já pode servir qualquer tipo de vinho na temperatura correta.

Gostou? Compartilhe este post!
Referências: Livro – O Guia Essencial do Vinho e Site – Revista Adega.

1 comment

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *